Campanha da Vans transforma sapatos personalizados em dinheiro para lojas fechadas em função do Coronavírus

Realização: Vans

País: Estados Unidos

A marca de sapatos e roupas de skate Vans criou a iniciativa Foot The Bill (em inglês, foot the bill é o mesmo que pay the bill; ou seja, significa “pagar a conta”) para tentar reduzir o impacto financeiro sofrido pelas empresas norte-americanas que tiveram seus negócios impedidos de funcionar durante a quarentena.

Em abril de 2020, a marca convidou pequenas lojas de skate, restaurantes, galerias de arte e espaços ligados à música que foram obrigados a fechar em função do Coronavírus a personalizarem seus sapatos e depois venderem seus designs por meio de sua plataforma de comércio eletrônico. O valor das vendas dos itens personalizados (menos custos de produção e frete) são destinados à loja ou local de criação, tornando a compra um ato de apoio a empresas locais em dificuldades.

A Vans se comprometeu a produzir até 500 pares de cada design, e os compradores podem personalizar ainda mais os sapatos, alterando a cor ou o material, por meio do e-commerce da Vans.

Segundo nota publicada no site da iniciativa, a Vans até agora ajudou empresas com aproximadamente US $ 4 milhões através do Foot The Bill.